Planejar a dieta para comer melhor e ter mais saúde

Um dos grandes segredos que a maioria dos especialistas em nutrição esconde diz respeito ao conceito de Planejar a dieta para comer melhor e ter mais saúde.

E quando eu digo planejar  a dieta, refiro-me a escolha de uma dieta que nos permita comer melhor e ter mais saúde.

Há algum tempo tenho notado um grande aumento no número de pessoas com problemas nutricionais que não é percebido pela maior parte das autoridades.

Todo mundo se preocupa com o excesso de peso, desnutrição e desequilíbrios nutricionais. Mas ninguém percebe que as pessoas estão engordando.

Por causa de alimentação inadequada, estão comendo muito de alimentos ruins e pouco de alimentos bons.

É fato que muitas pessoas não sabem o que realmente deveria comer nem o que deveriam evitar para que permaneçam em seu peso ideal.

Também é fato que muitas pessoas não se alimentam como deveriam por falta de conhecimento.

Algumas comem alguns alimentos certos e até fazem algum planejamento pratico de suas refeições.

Mas a falta de um planejamento profissional as deixam expostas aos seus erros comuns que são os responsáveis pelos desequilíbrios nutricionais corriqueiros.

Ao longo dos próximos parágrafos vou passar algumas informações importantes para você descobrir as vantagens em planejar sua dieta para comer melhor e ter mais saúde

E entender por que o planejamento é importante para manutenção de sua saúde e de seu peso ideal…

Também vou falar algumas verdades sobre o conceito de Planejar dieta para comer melhor ter mais saúde . Aproveite o conteúdo.

Comer pelo paladar Vs Comer pelo cardápio

Planejar a dieta para comer melhor ter mais saúde e disposição é uma etapa fundamental para o bem estar.

O Planejamento da dieta é sem dúvida o primeiro passo para uma vida mais saudável e longa.

Se deixar guiar pelo paladar ao invés de se fazer guiar por um cardápio elaborado por profissionais.

É o erro mais comum que todos cometem, e é um erro infeliz que poderia ser evitado se todas as pessoas entendessem a importância de uma dieta planejada.

Já está comprovado. Pessoas que se alimentam aleatoriamente.

Tem maior probabilidade para desenvolver moléstias em função do desequilíbrio alimentar óbvio desse tipo de comportamento.

A carência de nutrientes na receita diária aos poucos resulta em desnutrição parcial a chamada “Fome escondia” essa carência geralmente resulta em problemas de saúde.

Dietas não planejadas comumente são viciadas ao comodismo e resumidas em dois ou três tipos de alimentos.

Como por exemplo, arroz, feijão e carnes. Veja aqui um ótimo vídeo sobre mudança de hábitos alimentares.

O planejamento nutricional é a maneira mais sábia e inteligente de se viver bem.

Em nossos dias possuímos uma grande quantidade de profissionais bem preparados para essa tarefa.

E não há nada mais certo do que investir em um planejamento profissional que porejará seu maior bem, a sua saúde.

Um bom planejamento nutricional  garante a saúde e a boa forma com muita qualidade de vida.

A necessidade de planejar a dieta para comer melhor e ter mais saúde. Prende-se ao fato de que os alimentos mais importantes para nossa saúde.

Nem sempre faz parte de nossa cultura alimentar. Bem como não sabemos também as quantidades ideais de determinados alimentos.

E isso é o que mais tem levado pessoas a cometerem erros nutricionais graves.

Falta de conhecimentos específicos levam aos erros comuns

A falta desses conhecimentos nos leva a cometer erros tanto na quantidade quanto na qualidade. (Veja esse artigo).

Ou seja, erramos ao comer muito de um alimento que às vezes nem é tão necessário. E deixamos de comer outro por achar que não é importante.

E  as vezes esse que deixamos de lado é imprescindível  à nossa saúde.

Alguns programas de treinamento online para perda de peso possuem em seu pacote esse serviço.

Portanto adquirir um desses programas pode ser uma opção interessante pois assim estamos resolvendo simultaneamente dois problemas.

Veja aqui um ótimo programa cujos resultados têm agradado a muita gente, digo isso pelo fato de que ele é considerado Best-seller.

No geral devemos nos preocupar em ingerir quatro grupos de alimentos: Proteínas, carboidratos, Vitaminas e Sais minerais divididos em suas respectivas doses diárias indicadas. Veja este vídeo sobre macro nutrientes.

Planejar a dieta para comer melhor e ter mais saúde

A importância de planejar a dieta nos ajuda e evitar armadilhas fatais que nos levam ao descontrole nutricional.

Por exemplo, temos que tomar cuidado com os carboidratos, pois alguns tipos de carboidratos são ruins e outros são bons.

Sem um planejamento competente a possibilidade de errarmos aqui é muito grande.

Se não sabemos quando e quanto dos carboidratos simples, podemos comer, acabaremos com nossa saúde.

Estes carboidratos são altamente glicêmicos apesar de importantes para o organismo devem ser consumidos com critérios.

Outro item de suma importância é a ingestão de sucos no lugar da agua. Aqui vai um recado para as pessoas que se deixam levar pelas propagandas enganosas de empresas produtoras de sucos.

Nenhum tipo de suco é capaz de substituir a água em nosso organismo. E ao ingerir qualquer tipo de suco sob a alegação de que é um líquido que precisa ser ingerido.

Estamos na verdade ingerindo uma pequena quantidade de água como veículo transportador de uma grande quantidade de açúcar.

E outras substâncias indesejáveis ao nosso organismo. Portanto o certo é beber água de preferência água mineral de boa procedência. Veja mais sobre a agua que devemos beber neste artigo: bbbb

Um modelo simples

Abaixo segue um pequeno exemplo geral de um planejamento alimentar, com as porcentagens de seus ingredientes principais.

O cardápio deve se basear nesse planejamento. Lembrando que um planejamento bem feito deve ser baseado nas características pessoais de cada organismo.

Você pode ver um modelo de cardápio profissional AQUI

Um fator importante é a idade da pessoa, conforme a idade a porcentagem de proteína será maior e a de carboidrato será menor.

O cardápio semanal é na verdade a tradução em linguagem mais simples do que foi planejado.

Não se deve elaborar um cardápio sem que haja feito um planejamento da dieta a ser seguida pelo cardápio.

Esse aliás é um erro cometido por muitas pessoas, que pulando etapas elaboram um cardápio aleatoriamente.

Assim muitas vezes alimentos desnecessários são incluídos e outros importantes são omitidos.

Portanto o planejamento da dieta deve ser feito de forma completa para que surta os efeitos desejados.

Tanto no aprimoramento da saúde como na tarefa de controle do peso corporal.

Lembrando que o planejamento é uma forma de orientar na pratica o que deve ser incluído no cardápio do dia.

Mas nunca deve se tornar uma regra imposta, ao contrário deve ser flexível, sua principal função é evitar os desequilíbrios nutricionais.

É possível manter uma dieta muito saudável e deliciosa sem a ideia de regime ou dieta no link a seguir você encontra um ótimo artigo sobre isso, clique aqui e veja o artigo.